Eu nunca disse EU TE AMO…

Tem uma música… Que diz assim: all you need is love, all need os love, love, love is all you need!

Amo essa música, canto ela a torto e a direito por aí. Mas, o que é esse tal ” todo amor que você precisa”? Ou ” tudo que você precisa é amor “.

Existem várias concepções de amor. Amor materno, amor paterno, amor fraternal e etc, etc, etc…
IMG_1548.JPG

Mas o amor que eu vou falar aqui é o tal ” amor romântico”.
Fomos criadas em um universo Disney, que nos faz acreditar que só alcançaremos a felicidade ao encontrar o príncipe encantado da ” nossa vida”. Tal anedota, não poderia ser tão falha. Não existem príncipes, assim como não somos princesas ( aliás, quer me ver broxar, é me chamar de princesa) . Logo não deveríamos ter um tal ” príncipe ” como ideal de vida. Tal expectativa tende a decepcionar, somos humanos, somos falhos, buscar a perfeição em outro alguém só tende a machucar a nós mesmos. Claro que não somos obrigados a aceitar pessoas com desvio de caráter, infiéis ou literalmente más. Mas devemos ter em mente que assim como nós próprios, todos tem defeitos.Não busco a perfeição em alguém!

Estabelecido esse parâmetro, seguiremos adiante.

IMG_1556.JPG

Eu, Maryelen. Do ” alto ” dos meus 26 anos nunca olhei nos olhos de alguém e disse o tão superestimado ” eu te amo “. Mas porque ? Nem eu mesma sei o porque. Talvez eu nunca tenha realmente AMADO. Hoje em dia as relações estão altamente descartáveis, em um dia se ama para sempre, no outro não se olha mais nos olhos. Se isso é amor, esse sentimento volátil. Prefiro não amar.

Aí vocês me perguntam: nunca se entregou a alguém de corpo e alma ?

A resposta é SIM ! Já vivi as mais loucas e tórridas paixões, já gemi de prazer ao ir para a cama com o homem que eu escolhi, já chorei ao mandar esse mesmo homem embora. Já entreguei o meu corpo e a minha alma. Só não entreguei até hoje o meu coração. Já senti dores no peito que eu jurei que era amor, mas passou, já jurei nunca mais tantas coisas. Mas acredito que, amar é entregar a sua vida e a sua felicidade nas mãos de alguém.

Amar é confiar ao ponto de a sua felicidade depender daquela pessoa, é baixar a guarda, é mergulhar de cabeça sem saber se vai ter oxigênio suficiente para voltar a tona, é se jogar do precipício e acreditar que o chão é feito de algodão. Amar, é um caminho sem volta. Como diz Arnaldo Jabor, ” Amor é uma viagem, de ácido ! ”

Acredito que no dia que eu realmente amar, vou me jogar do tal precipício. Vou falar pro boy que largo tudo se a gente se casar domingo, que todas as musicas de Jorge e Mateus vão fazer sentido. Vou me ver ao lado, numa casinha no alto de alguma montanha na Toscana vendo o campo do girassol, com 80 anos de idade e ainda achar que a eternidade é pouco ao lado dele…

IMG_1761.JPG
Será que um dia vou baixar a guarda?

Será que algum dia eu direi o famoso EU TE AMO ?

IMG_1757.JPG

Anúncios

Um pensamento sobre “Eu nunca disse EU TE AMO…

  1. Pingback: Eu nunca disse EU TE AMO… | Cosmopolitan Girl

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s